Edson Cury - O Clube do Bolinha


O radialista e apresentador Edson Cabariti nasceu em Araçatuva, SP, em 16 de julho de 1936. 

Adotou o nome artístico de Edson Cury, pois, segundo ele, seu verdadeiro nome não soava bem no rádio, mas era mais conhecido como Bolinha.

Filho de imigrantes sírios, Bolinha começou a carreira como locutor esportivo, depois de fazer bicos como feirante, engraxate e balconista.

Apareceu na TV Record em 1959. Bolinha apresentava, com muito alarde, as lutas do "Astros do Ringue". Era desconhecido, mas ficou sendo famoso, como comentarista de telecatch.


Na TV Excelsior, Bolinha começou como o responsável pelos flashes esportivos do programa "Últimas Notícias". A estréia como apresentador de programa de auditório aconteceu quase por acaso, em janeiro de 1967. 

Convocado para substituir o apresentador Chacrinha, que havia se desentendido com os diretores da emissora, Bolinha não apenas levou o programa adiante, como aumentou o seu Ibope.



Edson Cury ficou conhecido mesmo com o "Clube do Bolinha", programa que ficou no ar por 20 anos na TV Bandeirantes, alcançou oito pontos no Ibope e era um dos líderes de audiência da emissora. 



Uma marca registrada do programa eram as bailarinas, chamadas carinhosamente de "boletes", e o quadro "Eles e Elas", onde transformistas e travestis se apresentavam. Vários artistas como Leandro e Leonardo e Arnaldo Antunes, mesmo depois de famosos, foram ao seu programa agradecer o apoio ao início de suas carreiras.

Seu elenco de boletes também era composto por ex-chacretes.

Lista de Boletes: Zulu, Edna Poncell, Delma, Inês, Valquíria, Norman, Raquel, Sonia Lírio, Sonia Rangel, Isná, Gracinha Japão, Eduarda, Carla, Audrey, Sandra Lee, Silvana, Míriam Bianchi, Rose Cleópatra, Ana Maria, Verônica, Leda Zepellin, Índia Amazonense, Laura, Julia, Gina Tropical, Neide, Sandra Janete, Olívia, Fábia, Lúcia, Vanderléia, Marli e Tania Bang Bang ...



Afastado da TV desde 1994, quando a TV Bandeirantes tirou do ar o programa, que ocupava as tardes de sábado, Bolinha pensava em voltar à TV. Com um estilo irreverente, marcado pelo visual de camisas de seda coloridas, Bolinha foi uma das figuras mais marcantes da televisão brasileira.


O apresentador morreu às 2h30 do dia 1 de julho de 1998, aos 62 anos, vítima de câncer no aparelho digestivo. Estava internado no Hospital 9 de Julho, em São Paulo, para tratamento da doença que havia sido descoberta três anos antes de sua morte.

Fonte do texto:  http://www.lembrancaradioweb.com.br
Fotos livres web, Pesquisa e Montagem: JF Hyppólito
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...